<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, março 08, 2004

até um dia... 



Se é verdade que um blog tem, em média, seis meses de vida, este está bem de acordo com as estatísticas.. O "Conversas" vai fechar portas. Lugar de desabafos e partilhas, saco de pancadas, diário deprimente, livro de piadas,... foi muita coisa e agora fica por aqui. Talvez ainda houvesse muito para dizer, mas o que há para dizer não sai, não se transforma em palavras, não se manifesta, foge..
um abraço do tamanho do mundo para todos. Continuarei a ler-vos e a comentar-vos.

Sejam felizes...
Desabafos:

sexta-feira, fevereiro 27, 2004

Revolta. 

... E é nestes dias que, tudo o que eu quero, nalguma altura ou outra esquecer, volta para me atormentar. Só me falta o anjinho e o diabinho em cada ombro, como a senhora do anúncio:
-"Se não tás bem assim, porque não mudas?"
-" Não consigo",
-"Não consegues fazer ao menos um esforço?",
-"Não, sabes que não consigo,"
-"És uma indisciplinada, uma fraca",
-"Não tenho força",
- "...",
-"..." ,
-"Esquece",
-"Deixa andar"...



Que seca!!!
Desabafos:

Negro. 

Há dias em que se acorda com a sensação de saber de antemão que o dia não vai ser dos melhores. Bom, talvez até fique de bom humor, penso eu... Sendo sexta- feira, o dia preferido da massa trabalhadora, talvez não vá ser mau de todo...
Mas depois de chegar ao trabalho, alguém resolve abrir a boca para fazer um comentàrio jocoso, mais cruel que engraçado, sobre a minha pessoa. Talvez noutro dia até me risse da piada, ainda que injusta. Mas hoje não. E pronto. Um dia tornado negro porque alguém não soube calar a boca e impedir a conversa de vómito de sair.



Desabafos:

quinta-feira, fevereiro 26, 2004

Miaus. 



«Os gatos servem para mostrar que nem tudo na Natureza tem uma função.»

Pois é. Andamos todos os dias a correr de um lado para o outro a perseguir coisas que julgamos que nos vão preencher, quando na verdade o que nos preenche é o acto de as perseguir. Quanto às coisas, essas, mal as temos, a satisfação esfuma-se rapidamente e já estamos a perseguir outras, novas.

Se há coisa que podemos aprender com os gatos, é a apreciar cada momento pelo que ele é, em vez de vivermos com a mente no momento que há-de vir. Brincar por brincar, sabendo que não há objectivo em perseguir uma coisa que queremos... como um gato quer uma bola de papel. Sentirmos o prazer da caminhada e não do destino que estará no fim dela. Dormir por dormir, apreciando cada segundo do repouso, sentarmo-nos ao sol no Inverno sentindo o calor de cada raio e pensar...o futuro está lá tãoooo longe...

Seja mais como um gato. ^ø^"

Miaus
Desabafos:

quarta-feira, fevereiro 25, 2004

Sogros vs. genros 



Quando penso na relação entre o meu namorado/marido com o meu pai, a primeira coisa que me vem à cabeça é o filme "Um Sogro do Pior". Para o meu pai, este rapaz imberbe não é homem para mim, e para o meu namorado, o meu pai é um ditador, ainda pior que Adolf Hitler. Não fosse o dramático da situação, até seria engraçado, ver o ar imponente e distante que o meu pai põe cada vez que o genro entra na sala e o ar apavorado do meu namorado quando lhe digo que vamos almoçar a casa dos meus pais no fim de semana.
Tudo o que o meu namorado faz é mal feito, tudo o que o meu pai faz é com má intenção, nas suas respectivas opiniões.
Eu sou a malabarista de emoções no meio destes marmanjos assanhados e nem sempre é fácil, mas como os amo aos dois, corro a distância cheia de vontade de um dia os ver em harmonia.
Desabafos:

... 

Pergunta estúpida:


Porque será que os velhos, os coxos e incapacitados é que teimam em atravessar a rua, de trânsito cerrado,vagarosamente e fora das passadeiras e com sinal vermelho para os peões?
Desabafos:

sexta-feira, fevereiro 20, 2004

M. vs. F. 





Verdade ou Machismo?
Desabafos:

quinta-feira, fevereiro 19, 2004

... 

" Silêncio e solidão, o rio penetra mar adentro no oceano sem limites sob o céu despejado, o fim e o começo. Dunas imensas, límpidas montanhas de areia, a menina correndo igual a uma cabrita para o alto, no rosto a claridade do sol e o zunido do vento, os pés leves e descalços pondo distância entre ela e o homem forte, na pujança dos quarenta anos, a persegui-la.
Arfando, o homem sobe, o chapéu na mão para que não voe e se perca. Os sapatos enterram-se na areia; o reflexo do sol cega-lhe os olhos; agudo fio de navalha, o vento corta-lhe a pele; o suor escorre pelo corpo inteiro; o desejo e a raiva - quando te pegar, peste! te arrombo e te mato.
A menina volta-se e olha, me de a distãncia a separá-la do mascate, o medo e o desejo: se ele me pegar vai meter em mim, estremece apavorada; mas se eu não esperar, ele desiste, ah! isso não, não pode permitir mesmo que queira pois o tempo é chegado.
O homem também parou e fala, grita palavras que não alcançam a menina, perdidas na areia, levadas pelo vento. Ela não ouve mas adivinha e responde:
- Bééé! - Assim cantam as cabras que ela pastoreia.
Lá atrás o rio, na frente o oceano, os olhos adolescentes percorrem e dominam a paisagem desmedida. Naquele momento de espera, de ânsia e de angústia, a menina fixou na memória a deslumbrante imensidão da cama de noiva que lhe coube. Do outro lado da barra, a beleza da praia larga e rasa do Saco, em mar de àguas mansas, no Estado de Sergipe, a ampla aldeia des pescadores, com armazém, capela e escola, um vilarejo. O oposto dos cômoros monumentais onde ela se encontra, a invadirem as àguas, o espaço do mar, contidos pelos vagalhões na fúria da guerra. Aqui o vento deposita diària colheita de areia, a mais alva, a mais fina, escolhida a propósito para formar a praia singular de Mangue Seco, sem comparação com nenhuma outra, aqui onde a Bahia nasce na convulsa conjunção do rio Real com o Oceano."


In Tieta do Agreste, by Jorge Amado
Desabafos:

segunda-feira, fevereiro 16, 2004

... 

Anseio por normalidade...
Desabafos:

Óscar. 



Parabéns a Peter Jackson!! "O Senhor dos Anéis - O Regresso do Rei" ganhou com todo o mérito, na minha humilde opinião, o Óscar de melhor filme.
Este terceiro filme está excepcional, ultrapassa o primeiro, que é quase sempre o melhor nas séries de filmes. ....e é claro, viva Tolkien, sem o qual, não existiria esta história maravilhosa.


Desabafos:

sexta-feira, fevereiro 13, 2004

.... 



"Negros Rochedos crescendo no mar, contra seu flanco de pedra as ondas arrebentavam em espuma branca. Caranguejos de assustadoras garras surgiam de recônditas cavidades. De manhã e de tarde moleques escalavam àgeis a penedia, brincando de jagunços e coronéis. De noite, ouvia-se o barulho da àgua mordendo a pedra, infatigável. Por vezes, uma luz estranha nascia na praia, subia pela rocha, perdia-se nos desvãos, reaparecia nas grimpas - os negros diziam ser bruxaria das sereias, das aflitas mães d'àgua, dona Janaína em fogo verde transformada. Suspiros rolavam, ais de amor no escuro das noites. Os mais pobres casais, mendigos, malandros, putas sem pouso, faziam a sua cama de amor na praia escondida entre os rochedos, embolavam na areia. Rugia em frente o mar bravio, dormia atrás a bravia cidade.
Um vulto, esbelto e audaz, galgava os penedos na noite sem lua. Era Malvina descalça, os sapatos na mão, o olhar decidido. Hora de moça estar na cama dormindo, a sonhar com estudos e festas, com casamento. Malvina sonhava acordada, subindo os rochedos. Havia um lugar, cavado na pedra pelas tempestades, larga cadeira em face do oceano, sentavam-se nela os namorados, os pés no abismo. As ondas quebravam em baixo, estendiam mãos de espuma a chamar. Ali sentou-se Malvina, contando os minutos, na ansiosa espera."

Lindo não é? Este é um excerto do livro "Gabriela, Cravo e Canela" de Jorge Amado. Desenganem-se se pensam que os livros deste senhor fantàstico são o equivalente às novelas em que os mesmo se basearam. Não hà autor que adoce tanto a minha imaginação com a sua escrita de "cheiros e sabores", de personagens únicas, de relatos tão ricos, de narrativas de embalar. Lá se encontram o constraste entre o rico e o pobre, as lutas de terras e os coronéis e fazendeiros, o padre promíscuo e a falsa religião, os cultos oriundos da senzala, as caricatas beatas, as mulatas fogosas, as mulheres fatais, os malandros e vigaristas, ,as virgens recatadas, os adúlteros, as paixões e amores impossíveis,as "casas da luz vermelha", os coloridos cabarets, os grémios literários... impossível descrever tudo, leiam e sonhem.

Sabiam que nas bancas de jornais saiu agora uma colecção de livros de Jorge Amado, muito, muito baratinha? Aproveitem!
Desabafos:

quinta-feira, fevereiro 12, 2004

... 



Eis-me de volta, recomposta. Fiquei abalada, deixei de funcionar, a escrita não saía, o pensamento andava às voltas. Precisei de tempo para sair do nevoeiro.
Obrigada a todos pelas mensagens e pelo carinho. Só hoje as vi. Virtuais ou não, vocês são todos meus amigos... e dos bons!
Desabafos:

quinta-feira, janeiro 29, 2004

Adeus. 



O seu nome era Isabel e era minha avó. Aos 88 anos, o corpo fraquinho e a alma cansada, abandonou-nos e foi para outras paragens decerto mais tranquilas e felizes. Foi uma criança feliz no meio dos seus irmãos, uns legítimos, outros emprestados, foi menina apaixonada, foi noiva feliz de um homem decidido e companheiro, foi companheira de luta e de trabalho nas madrugadas da praça e do talho, foi mãe de 3 filhos tão diferentes uns dos outros, foi segunda mãe dos netos nas horas de trabalho das filhas, foi mãe desgostosa com a zanga de anos e anos das duas filhas, foi velhinha num lar de amigos sem idade. Anteontem, cansou-se de viver, ordenou ao coração que parasse e desapareceu.

Avó, com uma família tão problemática, outras coisas tão sem importância se puseram entre nós as duas ... Hoje fui-me despedir de ti, mas já não me ouvias ... Estejas onde estiveres quero que saibas que vou sempre lembrar-me dos bons momentos que passámos juntas. Vou ter saudades tuas, vó.
Desabafos:

segunda-feira, janeiro 26, 2004

Choque. 


Miklos Féher (1979-2004)
Féher, 24 anos, jogador do Benfica, sorriu e tombou no relvado, morte por paragem cardio-respiratória. ...... (???!!!!????)

Aqui ficam a homenagem e a tristeza de uma humilde benfiquista.

Este Blog hoje fica em silêncio.
Desabafos:

sexta-feira, janeiro 23, 2004

Futebol. 



Paragem de Autocarro do Terreiro do Paço. O autocarro ainda não chegou e tenho tempo de ouvir a animada conversa que dois senhores estão a ter atrás da minha pessoa. Futebol, claro.. As claúsulas contratuais do Mister Camacho, as entrevistas ditas inteligentes do Mister Mourinho, as falhas dos àrbitros, a supremacia do FCP, os dez anos de jejum do Benfica, ... enfim... O Homem lá de casa é ele próprio um poço de informação futebolística, ele é nomes de jogadores e descrições pormenorizadas de golos de campeonatos recentes e de anos em que ele próprio ainda andava de fraldas, ele é diz-que-disses e relatos de entrevistas dos mais polémicos misteres e presidentes de clubes, ele é opiniões sobre àrbitros e comentadores desportivos... dá gosto ouvi-lo a falar com os amigos sobre o dito desporto de massas.. Os risos, as ironias, as expressões suavizadas nos rostos felizes, a felicidade... fico siderada com o pouco que é preciso para fazer uma homem feliz ...

Desabafos:

Dividida. 

Dividida entre o prazer imediato e o bom senso. Ontem a noite foi muito má. Irritação e fortes dores de cabeça.. Sobrevivi com chás quentes e mimos. Mais um dia. Obrigada pelas vossas mensagens. Beijos e Abraços de amizade.
Desabafos:

quinta-feira, janeiro 22, 2004

ai, ai, ai II 


Desabafos:

Mal. 



Vou parar de fumar. Pois sim, já disse isto muitas vezes e já tentei outras tantas. Já lá vão umas boas 12 horas sem cigarros...e está a doer... A cabeça dói, os músculos à volta do pescoço estão a formigar, o cerébro passa imagens de bafos de fumos e sensações de relaxamento : sou uma pilha.. mas espero conseguir. Só preciso de força !

Vocês aí desse lado do ecrã: enviem-me as vossas energias positivas!!!!
Desabafos:

quarta-feira, janeiro 21, 2004

ai, ai, ai 


Desabafos:

Universo. 



"Este (o mapa) mostrava a forma do universo, exactamente como um templo, com a sua abóbada curva, cuja parte superior fica oculta aos nossos olhos pelo véu do firmamento. Por baixo estende-se o ecúmeno, ou seja, toda a terra sobre a qual habitamos, que porém não é plana, mas assenta no Oceano, que a circunda, e sobe por um declive imperceptível e contínuo para o extremo setentrião e para ocidente, onde se ergue uma montanha tão alta que a sua presença escapa ao nosso olho e o seu cume se confunde com as nuvens. O sol e a lua, movidos pelos anjos - a que se devem também as chuvas, os terramotos e todos os fenómenos atmosféricos - passam de manhã do oriente para o meridião, diante da montanha, e iluminam o mundo, e à noite retornam para ocidente e desaparecem por trás da montanha, dando-nos a impressão do crepúsculo. Assim, enquanto entre nós cai a noite, do outro lado da montanha é dia, mas este dia ninguém o vê, porque o monte do outro lado é deserto, e nunca lá estev ninguém."

O mundo do séc. XII, desenhado num mapa, pela personagem Zózimo no indescritível "Baudolino" de Umberto Eco
Desabafos:

segunda-feira, janeiro 19, 2004

Sábado. 


Acordei com as festas do sol na minha cara, longos e quentes raios que se escaparam por entre os buracos das persianas... fim de semana... tão bom... o corpo finalmente descansado... espreguiço-me longamente atravessada na cama que me acolheu no sono. De um salto, ponho-me de pé e corro para o banho.... Meia hora de àgua quente a escorrer por mim, apagando vestígios da fadiga e do stress da semana que passou.. relaxo os músculos, sinto cada gota reparadora, perco-me nos aromas doces do champô e do gel de banho...
Cheia de uma genica pouco comum nos últimos tempos na minha pessoa, apresso-me a fazer um pequeno almoço de chá de menta e torradas fumegantes, que levo num tabuleiro para a sala... ligo a TV.. nada de jeito... hmmm.... enquanto como e penso em que aplicar esta abençoada energia, os meus olhos param na aparelhagem... é isso.., dançar.. ora aí está uns dos pequenos prazeres que tenho negligenciado...
TLC Fanmail... perfeito... "No Scrubs"... Jà está...
Passo a mão pelos cabelos, puxando os caracóis rebeldes para trás e coloco o meu adorado boné da Kangol... doida... balanço-me, escutando e entrando na música... "No, I don't want your number, no"... "I don't wanna give you mine".... os meus pés puxam o resto do corpo que acompanha a melodia... "Don't want none of your time"... fecho os olhos, sou a quarta da TLC, estou nas vozes, estou no videoclip, ... "No, I don't want no scrubs, A scrub is a guy that can't get no love from me,hanging out the passenger side Of his best friend's ride Trying to holler at me I don't want no scrubS"... Left-eye in tha house.... "If you don't have a car and you're walking Oh yes son I'm talking to you "... T-boz in the house... "If you live at home wit' your momma Oh yes son I'm talking to you (baby)"... Chilli in tha house.."If you have a shorty but you don't show love Oh yes son I'm talking to you ".....
A música acaba, estou pronta para outra...
Não sinto ansiedade ou angústia, dormência ou medo... tenho que redescobrir os pequenos prazeres da vida...





Desabafos:

sexta-feira, janeiro 16, 2004

Sol 

É incrível como, depois de um dia de chuva e gelo, uma pessoa renasce com um dia de sol e céu azul.. (suspiro)
Desabafos:

quinta-feira, janeiro 15, 2004

Nomes Brasileiros II 

" Parece piada mas não é:

- Uma empregada doméstica, daquelas bem simples, deu à filha o nome de Madeinusa. Quando uma pessoa da casa foi perguntar o motivo do nome, ela respondeu inocentemente: "É que estava pegando suas roupas para lavar e li na etiqueta da sua camiseta 'Made in USA'; eu achei tão lindo!!!"

- Em Boa Viagem, um cabeleireiro colocou em seus 3 filhos nomes de produtos que utilizava com frequência em seu salão de beleza: Secador, Shampoo e Creme Rinse."

Desabafos:

Nomes Brasileiros I 

Alguns nomes registadas em vários cartórios brasileiros:

Adolpho Hitler de Oliveira
Agrícola Beterraba Areia Leão
António Manso Pacífico de Oliveira
António Treze de Junho de Mil Novecentos e Dezassete
Carabino Tiro Certo
Céu Azul do Sol Poente
Chevrolet da Silva Ford
Colapso Cardíaco da Silva
Esparadrapo Clemente de Sà
Graciosa Rodela
Hidráulico Oliveira
Himineu Casamentício das Dores Conjugais
Hypotenusa Pereira
Inocêncio Coitadinho
Janeiro Fevereiro Março de Abril
João Cara de José
Lança Perfume Rodometálico de Andrade
Maria Tributina Prostituta Cataerva
Oceano Atlântico Linhares
Produto do Amor Conjugal de Marichá e Maribel
Remédio Amargo
Rolando Escadabaixo
Sete Rolos de Arame Farpado
Última Delícia do Casal Carvalho
Um Dois Três de Oliveira Quatro
Veneza Americana do Recife

Coitadas das crianças...
Desabafos:

quarta-feira, janeiro 14, 2004

Pausa 



"Sente-se ou deite-se, descontraia-se, feche os olhos e respire várias vezes, profundamente. Ao expirar imagine que deixa ir embora tudo aquilo que já não quer ou não precisa. Facilmente e sem esforço, deixe que todas as frustrações, a fadiga e as preocupações se dissipem. (..)Cada vez que expira liberta um pouco das suas limitações e cria em si mais espaço para algo de novo. Depois de ter feito isto durante alguns minutos, imagine que em cada inspiração aspira a energia da vida, a força viva do universo. Nessa força, encontra-se tudo aquilo que deseja: amor, poder, saúde, beleza, força e abundância. Aspire tudo isso em cada inalação. Imagine que se abre para uma nova maneira de viver que o enche de alegria, de vitalidade e energia. Faça de conta que a sua vida é exactamente da maneira que gostaria que fosse. Imagine que essa nova vida está aqui agora e saboreie-a.
Quando a sua meditaçãolhe parecer completa, abra os olhos lentamente, tomando consciência do lugar onde se encontra e tentando manter esta sensação de novidade. Lembre-se de que está agora num processo de criação de uma nova vida para si."

In "Vivendo na Luz", By Shakti Gawain

A Imaginação é uma arma poderosa, poucos conhecem o seu poder e poucos a usam...

Desabafos:

sábado, janeiro 10, 2004

Fresta 

"Em meus momentos mais escuros
Em que em mim não há ninguém,
E tudo é névoas e muros
Quando a vida dá ou tem,

Se, num instante, erguendo a fronte
De onde em mim sou soterrado,
Vejo o longínquo horizonte
Cheio de sol posto ou nado,

Revivo, existo, conheço;
E, inda que seja ilusão
O exterior em que me esqueço,
Nada mais quero nem peço:
Entrego-lhe o coração."

Fernando Pessoa
Desabafos:

sexta-feira, janeiro 09, 2004

Pensamento 




Blog Aqui Não há poeta, dos blogues mais bonitos e originais que conheço
Desabafos:

de louvar.. 



Por entre os acontecimentos ligados ao escândalo da Casa Pia e ao caos internacional que me invadem a casa todas as manhãs, uma pequena notícia chamou a minha atenção. A mesma dava a conhecer a Biblioteca de Celorico de Basto. E então, perguntam vocês? Que tem isso de especial? Tem muito digo eu.. Esta biblioteca, situada neste pequeno município nortenho, possui cerca de 20,000 livros, entre outros, fazendo parecer minúsculas e sem graça muitas bibliotecas existentes pelo país fora. Adoptou o nome do mais famoso filho da terra - O Prof. Marcelo Rebelo de Sousa, que terá doado a maioria do seu conteúdo. Parece que todos meses uma carrinha parte para Lisboa, onde vai buscar novas adições para a Biblioteca a casa do Professor - livros novos, acabados de sair da forja, livros antigos, entre os quais primeiras edições, livros de todos os géneros, CDs, etc.
Vários frequentadores, dos mais variados grupos etários, foram entrevistados e entre os seus testemunhos ouviu-se falar de conhecimento, conforto, refúgio, orgulho ...

Que atitude magnífica Sr. Professor! Quem dera que políticos e outras pessoas com possibilidades protagonizassem acções do género...
Desabafos:

quinta-feira, janeiro 08, 2004

pesadelos 



Muitos dos meus recorrentes sonhos de ansiedade são com ondas gigantes.... e os vossos?
Desabafos:

Agressões 

Saí de casa 15 minutos antes da hora de partida do barco - correr, correr, correr.. puf, puf...
O barco balançou que se fartou e quase desejei não ter o apanhado...
A senhora do banco de trás tinha muita conversa para pôr em dia e a sua voz estridente não me deixava concentrar-me na leitura do meu livro...
Chegada a Lisboa, mais uma maratona apressada para chegar à paragem dos autocarros...
Greve da Carris, fantàstico, descubro sempre as ditas greves em cima do acontecimento...
O único autocarro fura-greves que encontrei não me deixou na paragem pretendida, por causa das obras do Marquês..
correr, correr, correr...
A meio do caminho, um polícia, há segundos ocioso, resolveu, à minha passagem, mandar irritante apitadela a carro transgressor.. ai os meus pobres ouvidos...

Cheguei ao escritório... sinto uma dor de cabeça a aproximar-se...
Desabafos:

segunda-feira, janeiro 05, 2004

Jura 



Jura que se estiver triste, me fazes rir com uma piada tonta,
Jura que se chorar, me embalas nos teus braços até eu adormecer,
Jura que se eu desabafar contigo, me compreendes e ouves com atenção,
Jura que se tiver frio, me aqueces até à alma,
Jura que se não for perfeita, me perdoas,
Jura que se todos os outros me voltarem as costas, tu não me abandonas,
Jura que no meio da confusão, serás a minha força,
Jura que no meio da escuridão, serás a minha luz,
Jura que serás o meu parceiro em qualquer batalha,
Jura que se te pedir um beijo, me tiras o fôlego e me mostras o amor,
Jura que me amas como eu te amo,....

Jura...

Juras???
Desabafos:

The unhappy man 



" Kierkegaard explains that the unhappy man is never present to himself because he is always living in the past or the future. He's always hoping or remembering. Either he thinks things were better in the past or he hopes they'll be better in the future, but they're always bad now. "


In "Therapy", by David Lodge


Desabafos:

quarta-feira, dezembro 31, 2003

2004 



10...9...8....7.....

Que 2004 vos traga tudo o que mais desejarem e toneladas de boas surpresas!
Desabafos:

O grande, grande Nuno Markl 



"Você e outra pessoa são as únicas almas presentes na sala de espera do médico. Depois de esgotarem o tema "doenças" e "comparação entre análises", ficam sem assunto de conversa. O que fazer? Meu deus, o silêncio. O desconforto.

Você: Pois é.. Pois é...
a outra pessoa: Cà estamos.
Você: Enfim..
A outra pessoa: Pois é... É para que médico?
Você: Para o Dr. Nelson.
A outra pessoa: Ah, sim.. Bom médico. Uma vez espirrei e o olho direito saltou-me para fora. Foi ele que mo meteu para dentro.
Você: Està a ver? Vidas...
A outra pessoa: Pois é...
Você: É verdade: sabia que é impossível a uma pessoa lamber o próprio cotovelo?

Isto é .... um desbloqueador de conversa!

Parem lá com isso, vá. Eu disse que era impossível. A sério."

Obrigada pelas muitas gargalhadas sufocadas nos tranportes públicos! Rir é o melhor remédio...
Desabafos:

segunda-feira, dezembro 29, 2003

Esperança 



2004 està à porta... O fim do ano para mim tem um significado particular-a esperança de uma mudança radical.. acho que toda a gente passa um pouco por isso, uns mais outros menos… Tomar o 31 de Dezembro como a altura certa para tomar resoluções para o ano novo, para pedir um desejo ao bater da meia-noite, como se o mesmo fosse um momento màgico, equivalente ao gracioso esbracejar do génio da lãmpada mágica, que concede 3 ou mais desejos,por entre poeiras coloridas e explosões de fumo. Eu costumava fechar os olhos e pedir os meus desejos com toda a força… sentindo um aperto no peito, uma certeza indestrutível que o virar do ano traria tud com que sempre sonhei.
O balanço deste ano foi francamente negativo. Sinto-me como se me tivesse tornado na pior versão de mim própria, como se no limiar de cada encruzilhada tivesse seguido pelo pior caminho possível, como se o meu pessimismo tivesse atraído a desgraça a cada esquina. Claro que, num mundo como o de hoje, em que tantas vítimas do destino tombam inocentes em campos de batalha, camas de hospital, ou outros que tais, não me posso sequer lamentar. Não tenho sequer o direito de me entristecer e de achar que a vida me foi madrasta, quando, por exemplo, no Irão se perdem 20 mil vidas em poucos minutos… pessoas que estavam a dormir na segurança das suas casas… e de repente..o caos.. morreram debaixo de tijolos, chapa, cacos… assim, sem mais nada, num segundo, sem aviso.
O que está errado em mim é basicamente a atitude, o modo de pensar, o negativismo, a revolta pelo que não consegui, o cansaço de ser o que sou, a falta da força de vontade suficiente para me erguer, para resgatar aquilo que se calou e escondeu numa sombra no fundo do meu ser. Bem estar e boas surpresas vem para os optimistas, para os corajosos, para os fortes.. para os fracos as migalhas, as lágrimas, os medos.
Na madrugada de 01 de Janeiro de 2004, espero estar a rir com os meus amigos, a sentir-me feliz, a ganhar coragem para fazer a mim própria promessas pesadas e difíceis que vou ter que cumprir… Ter confiança em mim, aprender a gostar de mim outra vez, ser forte, acreditar nos outros, … fazer tudo aquilo que eu sei que é preciso para sair daqui deste impasse, desta inércia forçada, desta crise existencial contínua…


Desabafos:

quarta-feira, dezembro 24, 2003

Feliz natal para todos!!! "Jingle bells, Jingle bells...Jingle all the way..." 

Este blog vai estar paradinho por estes dias, visto a blogueira de serviço querer aproveitar ao máximo o Natal, os amigos, a família...

Muito amor e felicidade no sapatinho!!

Desabafos:

terça-feira, dezembro 23, 2003

I can't live like that... 



" on the surface, it all looks fine... I have this great guy, (..) and he sure does loves me! ... and I can't live like that!!!"

Personagem Dorothy Boyd, no filme Jerry Macguire
Desabafos:

segunda-feira, dezembro 22, 2003

Votos de Boas Festas 



Trabalha como se não precisasses de dinheiro

Ama como se o amor não te pudesse magoar

Dança como se ninguém estivesse a ver

Canta como se ninguém estivesse a ouvir

Vive como se o Céu já tivesse descido à Terra.

Que tenhas sempre trabalho para fazer

Que a tua bolsa tenha sempre uns trocos

Que o Sol sempre brilhe na tua janela

Que após cada chuvada venha sempre o arco-íris

Que tenhas sempre junto a ti a mão de um amigo

Que o amor encha o teu coração de alegria...

Desabafos:

quarta-feira, dezembro 17, 2003

Coisas da Vida... 



"Não te inquietes quando pensares que os outros não te compreendem. Qualquer coisa que faças nunca será totalmente compreendida, mas apenas elogiada ou censurada."

"Não há melhor arma contra o aborrecimento, nem melhor alimento para o espírito do que um bom livro. Os grandes leitores costumam ser muito diferentes dos restantes mortais."

"Se chegar o dia fatal em que descobres que nunca virás a ser o que sonhaste, não te deixes vencer pela màgoa. Inicia outro sonho."

In "Coisas da Vida", by Robert T. Webb
Desabafos:

segunda-feira, dezembro 15, 2003

The Sims 



Tenho uma fixação por este jogo. Sims Unleashed, Sims Hot Date, Sims on Vacation, Sims Living Large, qualquer um deles serve... É incrível como um jogo de computador consegue literalmente hipnotizar uma pessoa, ao ponto de passar horas em frente a um monitor, de rato em punho... Como deuses virtuais, definimos personagens, física e psicologicamente, formamos famílias, construimos e mobilamos as suas casas e apartir daí organizamos as suas vidas - carreira, amigos, romances, lazer... mas atenção se não os "fizermos felizes" eles não cumprem a sua parte no jogo, ou seja, subir na vida... que coisa fantástica! Madame Sim sente-se solitária? não há problema.. hoje falta ao trabalho e passa o dia na piscina a conversar com amigos, ou então vai à "Pet Shop" e compra um bichinho de estimação... Monsieur Sim anda deprimido, não há problema, levamo-lo a passear pela Sim City ou pômo-lo a ler ou a jogar xadrez... Estão a ganhar pouco? toca a estudar e a desenvolver o seu carisma e em dois ou 3 dias têm uma promoção e podem começar a pensar em comprar equipamentos de luxo para a casa... A casa está feia? em 15 segundos têm novo papel de parede e alcatifa... e em 30 segundos já escolheram e arrumaram os novos móveis...
É como ter uma casa de bonecas ultrasónica... eu que sempre quis ter uma quando era pequena e não tive... deve ser por isso que deliro com o jogo.. eheheh ou então é uma forma de descarregar as frustrações do dia a dia, em que nada se resolve rapidamente, em que as relações com as pessoas são complicadas ou em que promoções e aumentos no emprego não acontecem de um dia para o outro...
Vou ter que aprender a controlar e aumentar os meus níveis de "energy", "confort", "social", "fun", etc.. ;)


Desabafos:

quinta-feira, dezembro 11, 2003

2000!!! 





O nosso "piqueno" blog atingiu - surpresa das surpresas- as 2000 visitas! Ficamos muito orgulhosas dos nossos humildes escritos e agradecemos a todos por terem passado pelo "Conversas"...

Milhões de beijos e abraços!
Desabafos:

Boicote 



Muitas empresas continuam a testar os seus produtos em animais, submetendo-os a verdadeiros actos de tortura e sadismo. Nenhum de nós pode mudar isso, mas pode fazer o mínimo: deixar de comprar os produtos fabricados pelas mesmas... Por isso, optem por fazer essa acção minúscula para proteger esses e outros animais indefesos.


Empresas que TESTAM em animais:

Ajax Anais Anais (Cacharel) L’Oréal (Elséve, FX, Elnelt, Plénitude) Garnier Aquafresh Aqua Vital

Ariel Biospray Biotherm Block Drug Co. Inc. (Polident, Sensodyne, Tegrin, Lava, Carpet Fresh) Cacharel

Calvin Klein Cif Clearasil Colgate-Palmolive Co. (Palmolive, Ajax, Dentagard, Plax, Vert Sauvage, Festa, Preven, Xampa, Colgate, SoftSoap)

Cover Girl (Procter and Gamble) Denim Dove Eden (Cacharel) Elida Fabergé / Elida Gibbs (Mentadent, Pepsodent, Denim, Vasenol, Impulse, Timotei, Linic, Dove, Organics)

Giorgio Armani Givenchy Head and Shoulders Linic Max Factor (Procter and Gamble) Nina Ricci Obsession

Organics Panténe (Procter & Gamble) Persil Plenitude Pronto Radion Raid Studio Line Timotei Vasenol


Fonte1 Fonte2


Obrigada!!
Desabafos:

This page is powered by Blogger. Isn't yours?